Kernel 4.4.32

Estou a atualizar as máquinas para o Kernel 4.4.32 do Linux. Aqui vão os comandos de atualização da minha rede para esta versão.

Quando reiniciar os hosts das máquinas virtuais, vão ser necessários os comandos seguintes para recompilar o VirtualBox para a nova versão do Kernel do Linux.

cd /root
bat/vboxes stop
cd /usr/local/
VBoxManage extpack uninstall "Oracle VM VirtualBox Extension Pack"
reboot;exit

cd /usr/local/
chmod +x ./VirtualBox-5.1.8-111374-Linux_amd64.run
./VirtualBox-5.1.8-111374-Linux_amd64.run
VBoxManage extpack install Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack-5.1.8-111374.vbox-extpack
cd -
bat/vboxes start

O ficheiro bat/vboxes é um ficheiro de comandos que criei para gerir as máquinas virtuais do VirtualBox.

Entretanto, se alguma das máquinas falhar, posso recuperá-la da mesma forma que já aqui foi documentada antes.

Reiniciar a máquina virtual, ligando ao leitor de CD um ISO com a última versão do sistema operativo. Depois de arrancar e escolher o layout do teclado, executar os comandos seguintes.

mount /dev/sda2 /mnt
mount -t proc proc /mnt/proc (this was the magic step)
chroot /mnt
cd /boot
mkinitrd -c -k 4.4.32 -m ext3
# No ficheiro /etc/lilo.conf colocar a linha
initrd = /boot/initrd.gz
# no fim do ficheiro, logo após a linha
root = /dev/sda2
# depois, executar os comandos:
lilo
reboot

Kernel 4.4.29 e VirtualBox 5.1.8

Estou a atualizar as máquinas para o Kernel 4.4.29 do Linux. Vou também atualizar o VirtualBox nos dois hosts de máquinas virtuais. Eis os comandos:

cd /root
bat/vboxes stop
cd /usr/local/
VBoxManage extpack uninstall "Oracle VM VirtualBox Extension Pack"
reboot
exit
cd /usr/local/
chmod +x ./VirtualBox-5.1.8-111374-Linux_amd64.run
./VirtualBox-5.1.8-111374-Linux_amd64.run
VBoxManage extpack install Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack-5.1.8-111374.vbox-extpack
cd -
bat/vboxes start

O ficheiro bat/vboxes é um ficheiro de comandos que criei para gerir as máquinas virtuais do VirtualBox.

Entretanto, se alguma das máquinas falhar, posso recuperá-la da mesma forma que já aqui foi documentada antes.

Reiniciar a máquina virtual, ligando ao leitor de CD um ISO com a última versão do sistema operativo. Depois de arrancar e escolher o layout do teclado, executar os comandos seguintes.

mount /dev/sda2 /mnt
mount -t proc proc /mnt/proc (this was the magic step)
chroot /mnt
cd /boot
mkinitrd -c -k 4.4.29 -m ext3
# No ficheiro /etc/lilo.conf colocar a linha
initrd = /boot/initrd.gz
# no fim do ficheiro, logo após a linha
root = /dev/sda2
# depois, executar os comandos:
lilo
reboot